RSS Feed

Experiências e frustrações

Posted by Aldemir Alves da Silva


Olá, bom dia,  leitores e autores!


Hoje venho criar um post de incentivo para os amigos que estão iniciando no mundo da escrita, aqueles que estão começando a escrever. Já vai completar três anos que comecei a escrever, nesses anos eu aprendi muita coisa, adquiri experiências e frustrações também.

No início quando-me meti a criar história, sofri bastante por rejeições por parte de grandes, médias e pequenas editoras. Enviei o meu original logo de cara e nunca recebi respostas positivas - porque isso pode ter acontecido? - Creio que foi muito culpa minha, caros amigos, uma dica: Não tenham pressa na hora de enviar os seus manuscritos para as Editoras, façam revisões antes, se possível enviem os textos para os revisores profissionais. O meu erro foi esse, o meu livro era horrível na parte de revisão, crítico mesmo, por isso eu fui tão recusado.

Outra coisa importante é fazer parceiros, faça muita parceria com blogs literários, registre o seu livro na BIBLIOTECA NACIONAL para não ter problemas com os espertalhões que gostam de roubar manuscritos kk, depois começa a enviar PDFs para os leitores resenharem e se possível auxiliarem em algo. Isso ocorreu comigo, antes de publicar de verdade, investir na obra, eu mandei para muitos leitores que-me ajudaram com dicas e criticas, é claro que você não deve escutar tudo que dizem, mas tente analisar as ideias dos leitores. A maioria vai-lhe passar muitas dicas importantes.

Outro grande problema de autores, em geral, é o tempo limite que conseguem ficar aguardando pela publicação, isso aconteceu comigo também, ex: Ficar com o livro guardado por muito tempo sem publicar é horrível, a gente sofre! O pior de tudo é ver livros péssimos, mal avaliados sendo publicado a todo momento, e o nosso nada?! Dai existe uma alternativa para conseguir realizar essa proeza, sem ter que esperar, o club de autores, esse site permite aos autores iniciantes e sem editoras publicar os seus livros e venderem por conta própria, no club você pode escolher quanto quer ganhar, as medidas dos livros, capas e tudo o resto.(Outra vantagem é poder publicar e enviar para os blogs parceiros resenharem).

Porém, o club de autores tem alguns problemas chatos, ganhar $$ com seus livros vai ser difícil, pois lá é um site com muito publico por parte de "autores", já leitores é complicado... Hoje em dia os leitores optam por livros com selo editorial, então não espere milagres lá no club, os ganhos são ruins também  se você aumentar muito os seus direitos autorais o preço final do livro fica muito alto, ai complica.

Voltando para Editoras, como eu disse sem editora é complicado conseguir vendas para os leitores mais exigentes, talvez foi por esse motivo que eu publiquei o meu livro pela Baraúna, essa editora é paga, ex: o autor precisa investir na publicação $$$ Confesso que fui muito impaciente na hora da escolha da editora, não que eu me arrependa, mas eu poderia achar editora melhor... Gente, depois que publiquei o meu livro com um selo editorial eu consegui muitas vendas e houve muito interesse pelo meu livro, comprovei que sem editora não dá. Mas mesmo assim eu divulgo muito a minha obra nas redes sociais, não pensem que é só publicar e esperar vender, você vai ter que ralar muito!

Finalizando, eu estou feliz por publicar o meu livro, tenho obtido ótimas resenhas, o interesse pelos Livros de Esteros cresce a cada dia, o próximo capitulo já esta passando por trabalhos editoriais, em breve será publicado. Ressalva: EU MUDEI DE EDITORA, AGORA ESTEROS VAI SER PUBLICADO PELA SELO JOVEM, todos os demais livros também. Por que essa decisão? - Simples, essa editora é voltada para o tema do meu livro, FANTASIA, e lá eu me sinto em casa, estou envolvido na criação da obra, tenho diálogos com todos os envolvidos na publicação, já na outra, é complicado. Como eu disse lá em cima, escolha muito bem a sua editora, porque a maioria nem fala com você, existe um interesse grandioso por dinheiro $$$$$$$$ lucro rápido e depois, o autor que se "fod" Bíííí...

Esse post abaixo, eu escrevi em junho de 2011, naquela época eu tava muito nervoso por não ser publicado, estava irritado de verdade kkk.... Mas apesar de irritado busquei algumas respostas para os meus problemas, não joguei tudo para o auto e abandonei o barco, continuei.... Não posso falar que hoje estou totalmente realizado e feliz, porque ainda não consegui publicar toda a minha série, mas estou caminhando para isso. Vai ser questão de tempo para que consiga, ai poderei dizer que o sonho foi realizado!
------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Escritores anônimos.

Por: Aldemir Alves Da Silva.

Bem, amigos e amigas...

Esta será a minha conclusão e experiências como escritor anônimo.

Obs: estou apenas há um ano escrevendo, e já tirei uma conclusão.

26/06/2011 descobri o quanto é difícil fazer sucesso escrevendo no Brasil.

Legal! Só que não é difícil só no Brasil amigo (a), ao contrario do que vocês devem estar pensando, não vou encher de criticas e xingamentos a nossa “literatura”.

Eu descobri como é bom escrever e investir neste tesouro nacional, escrever e ler é um dom “incrível” disponível apenas para os seres humanos diferenciados.

Se todos os homens e mulheres adultos, juntamente com seus filhos, dessem mais valor a leitura e a escrita, descobririam a incrível magia da informação.

Eu mesmo aprendi a escrever e a ler bem melhor, isto depois que dei mais valor a escrita e leitura.

Lembro-me que fiz uma vez um tópico no orkut: era sobre aquecimento e problemas de cabeçote do Fiat palio.

Eu escrevi tudo errado, ignorei as virgulas e pontos, então fui alvo de zombarias e gozações, mas algumas pessoas me apoiaram dizendo: “o cara da informação importante, e vocês zombam dele?”. Foi ai que resolvi me dedicar mais a ler e escrever.

Comecei a escrever a um ano pensando em ganhar dinheiro e ficar famoso, assim como tantos escritores internacionais e nacionais conseguiram. Só que a minha ficha caiu rapidamente: é muito difícil a tal “fama” mas não é impossível. Eu descobri que a magia da leitura, e o prazer de ler e escrever. Esta muitoooo alem do dinheiro e fama.

Tenho cinco livros escritos e publicados no club do autor, eu percebi que o prazer de ler a sua própria sinopse, visitar o seu perfil, e divulgar o seu livro em redes sociais, é incrivelmente prazeroso e viciante. Na minha indignação por o não sucesso, fiz criticas, xinguei, e ofendi pessoas, mas ao contrario sempre tive respostas e incentivos bons, e novamente a ficha caiu para mim “esqueça o sucesso e se sinta feliz no que faz”.

Recebi criticas que não entendi direito, mas relendo varias vezes fiquei feliz, uma delas foi a seguinte:

“Cara você viaja demais, tudo é surreal, nada que você escreve é real”.

Olha que bom, pois isto é o meu objetivo “fantasia”. Afinal os meus livros são de fantasia.

Fiz perguntas, e consegui respostas importantes. Vejam:

Aldemir Alves disse:

9:26 PM - 14/06/11

Para obter o isbn precisa estar cadastrado como autor?

Do que adianta cadastro como autor? Se na verdade você só consegue mercado, enviando o seu trabalho para editoras grandes.

Se você conseguir publicar nestas editoras, consegue automaticamente o cadastro e isbn, só que isto… É quase igual ganhar na mega sena. “Quase impossível”

Equipe Clube de Autores disse:

10:08 AM - 15/06/11

Aldemir foi-se o tempo em que escritores eram refens de grandes editoras. Isso não significa que o mercado editorial seja fácil e garantido para todos – ele continua sendo dos mais concorridos em todo o mundo. Mas significa que você não precisa mais de ninguém para publicar o seu livro e que, sabendo utilizar as mídias sociais, também consegue divulgá-lo e vendê-lo por conta própria.

Temos inúmeros casos no Clube justamente de autores que se publicaram por aqui, montaram as suas estratégias de divulgação, tiveram resultados bons e começaram a se destacar no mercado. Alguns (como o Augusto Branco, que hoje é best-seller internacional), foram abordados por editoras por conta do sucesso que já apresentavam e fecharam bons acordos. Outros preferiram permanecer aqui, apostando em suas estratégias de divulgação e no casamento entre a liberdade de se estabelecer os seus direitos autorais no patamar desejado com a transparência de checar as vendas on-line e em tempo real.

Seja como for, três coisas são fato:

1) O sucesso não é garantido para ninguém: a ideia de que, com ou sem editora grande por trás, basta publicar e aguardar os resultados sem esforços adicionais é um romantismo não mais compatível com os nossos tempos.

2) Ninguém depende mais de ninguém para dar certo – a não ser de si mesmo.

3) Apesar de não haver nenhuma garantia para o sucesso, há, sim, uma garantia para o insucesso: deixar a sua obra engavetada esperando respostas de terceiros.

Então, se aceita uma sugestão nossa baseada no que temos acompanhado dos tantos livros daqui, publique-se, ignore as grandes editoras e corra atrás das estratégias mais eficientes e eficazes de divulgação dos seus livros!

Aldemir Alves disse:

9:16 PM - 14/06/11

A minha frustração, é que no Brasil o escritor novato nunca tem chance de crescer na profissão, principalmente sem a ajuda de editoras famosas, elas tem 99% de chance de te ignorar e, 1% de ler o seu trabalho. ( O seu Original).

Obs. A não ser que você seja: jogador de futebol, ator de novelas, jornalista rapper, etc.

Equipe Clube de Autores disse:

10:16 AM - 15/06/11

Aldemir, isso não é uma realidade do Brasil, mas de 100% dos países do mundo.
A autopublicação existe para isso, para dar aos autores possibilidades que eles antes não tinham. E, para quem consegue dominar a mecânica de se divulgar bem, o sucesso é uma questão de tempo.

Mesmo porque, claro, mesmo os autores mais consagrados do mundo já foram novatos algum dia…

Conclusão de Aldemir:

Sim é verdade, é muito difícil o sucesso.

Eu li as historias de J. R. R. Tolkien  criador de o senhor dos anéis, e Clive Staples Lewis, criador de As Crônicas de Narnia, ambos criaram seus livros e no começo de suas carreiras foram criticados e tiveram apenas um pequeno sucesso, e sem falar de Jk Rowling, a criadora de Harry Potter que levou vários “não!”  de editoras famosas...

Ate o nosso ilustre: Paulo Coelho teve decepção sendo ignorado por varias editoras e vendendo o seu livro por conta própria, em praias e bairros de sua cidade.

Então eu digo a vocês amigos, continuem a escrever, mostrem os seus trabalhos, e se muitos te ignorarem, seja você mesmo o seu maior fã.

4 comentários:

  1. Gustavo

    Muito Interessante, este artigo, como eu sempre digo, na vida nada é facil, a não ser que você seja sei lá, rico de berço kk, ao contrario vai se deparar com vários Não e muitas criticas, mas acho que é para isso que elas servem, eu mesmo, como blogueiro enfrento várias dificultades, mais com força de garra e ajuda de autores e amigos e as redes sociais, e principalmente a simpatia vem aumentando meu trabalho e reconhecimento, creio que tbem é assim para autores, Desejo uma grande sorte no seu trabalho e sempre quando precisar estarei aqui como amigo e como Blogueiro, Abraçoss

    @mrguga80
    vampleitores@hotmail.com
    http://vampleitores.blogspot.com.br/

  1. Maria

    Adorei esse post, vai servir de exemplo para muitas pessoas que escrevem e desistem na primeira dificuldade encontrada, parabéns outra vez Aldemir, cada dia sou mais fã sua!!!!!!

  1. Graziella Mafraly

    Ótimo artigo! Sempre aprendende e nunca desistindo dos sonhos.

  1. Ariela Pereira

    Amei o post é mais um incentivo para quem está começando e apesar das dificuldades enfrentadas acredita no potencial e sucesso do próprio trabalho!

Esteros livro digital