RSS Feed
Posted by Aldemir Alves da Silva


Bem vindos amigos e leitores internautas, hoje irei postar a biografia inicial dos Livros De Esteros, no caso eu usava essa biografia no fim do meu primeiro livro, mas decidi que seria melhor usá-la no início, assim eu posso apresentar ao leitor o planeta suas especificações e funções básicas, também as raças e suas importâncias na história Esteriana.



Biografia inicial: Conhecendo as raças e os planetas.


Talvez muitos não acreditem, mas existem várias galáxias e planetas além da nossa imaginação, um deles é o planeta Esteros. Esse planeta em media oito vezes maior do que o nosso planeta terra está localizado na galáxia de Imprios.  Para ser mais exato á milhares de anos luz do planeta terra, em galáxias inexploradas por quaisquer seres vivos existentes nos mundos que conhecemos. 

Este planeta místico ao longo do tempo foi composto e formado por elementos iguais o do nosso planeta (Terra).  Com as propriedades de água, terra, vento, ar, e etc. O planeta Esteros conta com muita vida e vegetação belíssima. Ele está entre outros três planetas na galáxia de Imprios.

Os planetas são:

Mozarcos: um planeta médio marrom claro de tom amarelado, aparentemente está sem vida. O planeta Tenterus, este planeta está seco e tem iluminação continua, aparentemente é muito frio e também está sem vida. Temos também o planeta Sictrus com uma vista privilegiada de Esteros este planeta possui uma luz forte que ilumina o planeta principal na parte noturna, similar a nossa lua.

 Esses planetas estão a milhares de anos luz do planeta terra, em lugares inalcançáveis para o ser humano. Similar ao nosso sistema solar existe estrelas longínquas, um sol próprio para iluminar e dar vida às plantas e a vegetação.

    O planeta Mozarcos é de suma importância para o bem estar de Esteros, pois conta com uma gravidade poderosa, sendo capaz de sugar para si qualquer meteoro ou pedaços de estrelas mortas, evitando assim o contato e a destruição de Esteros. O Sictrus não menos importante é um planeta lunático propicio para iluminação noturna do planeta Esteros.
                                  



As Raças:

 No planeta Esteros existe cinco raças de habitantes inteligentes. Entre elas só quatro é predominante do planeta, e são elas as seguintes:

Os eracictos

Eles são os mais parecidos com os seres humanos.  Os eracictos são fortes fisicamente e nascem com aparências diferentes entre as espécies, podem até nascer com cor diferentes no tom da pele como, por exemplo; negra, branco, pálida, etc.

Os eracictos por serem pessoas com um vinculo administrativo de maiores proporções neste mundo, são os mais importantes na história do planeta, ganhando destaque nas criações mais beneficiais a evolução das espécies, tanto nos avanços tecnológicos quanto nas administrativas. Eracictos são povos peritos na arte da guerra, em todas suas gerações de reis eles viram as guerras como o único modo de manter o equilíbrio entre o bem e o mal.

Sendo assim as suas inteligências em invenções e criação de armas de destruição em massa, seguidamente de tecnologia futurísticas, é o que os diferencia dos demais inimigos. Isso pode até dar grandes vantagens em combates contra inimigos de qualquer espécie ou tamanho.

As mulheres eracictos são muito belas, podendo se tornar grandes dominadoras de magias e curas diversas.        

Os elfos:

Os elfos são seres brancos e belos, como criaturas predominantes das florestas do sul de Esteros, preferem se resguardarem em seu espaço, não se misturando com os demais povos. Esses habitantes por serem criaturas amantes da paz e da prosperidade, mostram-se figuras neutras em conflitos e guerras. Eles preferem um mundo particular fechado a visitantes desconhecidos, não sendo povos da discórdia preservam o seu caráter, vivendo em um lugar desolado e unicamente particular.

  Apesar de dispensarem a guerra esses seres não são incapazes de lutar, pois são muito habilidosos com arcos e flechas, também podem dominar facilmente magias e esgrimas.  Por serem angelicais e, “preferidos dos deuses” os elfos são capazes de controlar os seus filhos não-nascidos através de um tipo de "Sonho Mágico".  As mudanças podem ser tanto físicas como espirituais, afetando a personalidade da criança.

       Os pais podem inclusive mudar ligeiramente a data de nascimento da criança. Em seus sonhos, os elfos parecem esculpir suas crianças como verdadeiras obras de arte. Esta arte não pode ser ensinada para outra raça, essa habilidade rudimentar parece natural para os elfos.

É possível escolher a cor dos cabelos, olhos e até mesmo o sexo. As mudanças de personalidade são possíveis mais teoricamente afetariam as gerações seguintes. Os sábios acreditam que essa habilidade foi um "presente" dos deuses, como uma "ferramenta" para tornar os elfos mais adaptáveis a guerra (são fortes quando precisam).

 Mas a mentalidade dos elfos não permitiu que eles dessem um comportamento "inconveniente" para suas crianças. Já que a maioria desta mágica é uma espécie de aptidão natural, os elfos moldam suas crianças de uma maneira estética.  Por outro lado, o que parece estético é baseado na filosofia dos seus pais, e consequentemente o seu passado afeta dramaticamente este processo. Isso é mais evidente nas castas que se separaram durante as guerras, mas não se sabe qual mudança poderia acontecer se as raças se misturarem.


Os Anões:

Os anões são seres neutros em Esteros, viventes em meio ao continente Naires se mantêm anônimos nos governos e nos demais avanços das monarquias do planeta. Vistos como homens gananciosos, preferem não dividir suas riquezas com os demais habitantes de seu mundo.

Sendo povos de fácil adaptação às guerras os anões são seres pequenos de estatura, mas muito forte em grupos e em ataques de curtas distancia.  Mantendo preferência por armas de porte grande como gigantescos machados, que só podem ser manuseados com as duas mãos (impossibilitando o uso de qualquer instrumento de defesa, como escudos e periféricos similares). As suas armas preferidas são lanças maças pontiagudas e arredondadas, cassetes e etc.

Os anões são hábeis artesões; são particularmente peritos no trabalho de forja, as suas armas são perfeitas para o combate, as suas armaduras são quase que impenetráveis. Entretanto, os anões também possuem má reputação, pois são vistos usualmente como gananciosos, quando diante dos metais preciosos, e, além disso, ladrões e trapaceiros.

Os Orcs:

     Os orcs são os verdadeiros povos da discórdia. Sendo criaturas sanguinárias e hostis á maioria são canibais e comem a carne de todas as espécies viventes neste mundo. Os seres orcs vivem sobre lendas antigas, julgam-se como sendo os maiorais sonhando que um dia poderão conquistar todos os continentes, assim conseqüentemente se tornarão à única espécie predominante do planeta.

      Nas suas aparências os orcs são seres de peles enrugadas e reptilescas, com uma tonalidade que vai do verde musgo ao marrom escuro. Mals de natureza são seres bárbaros de notável força, e igual crueldade, sendo hostis a qualquer criatura que os pareça mais fraca.

A maioria das sociedades orcs é de formação semelhante ao militarismo, tendo um grande general. Normalmente o mais forte ou corajoso do bando que comanda seus recrutas (orcs jovens e fracos demais para assumir uma boa posição) com a ajuda de capitães (orcs fortes e experientes, porém não corajosos o suficiente para derrubar o general).

Algumas sociedades seguem um caminho mais espiritual. Seus líderes são os xamãs, sendo o líder geralmente o mais sábio (por isso, o mais velho, em alguns casos). Apesar de serem criaturas selvagens têm uma ótima noção de táticas de guerra, venenos, trilhas, clima e caça, o que os leva a serem ótimos guerreiros.

Normalmente contratados por reis inescrupulosos que querem uma vitória a qualquer custo. Muitos de sua raça se tornam mercenários, e vão andar pelo mundo oferecendo seus serviços a qualquer um que pague algumas moedas.

 Mortrestes:

Os mortrestes são guerreiros poderosos e misteriosos, não se sabe muita coisa sobre esses povos, procurando viver em lugares desolados e, de difícil localização.  São quase que uma lenda... Muitos dizem que são seres vindos de outros planetas, pois as suas habilidades são totalmente desconhecidas, alguns até dizem que são poderosos como deuses imortais.

Mortrestes são povos que não costumam se envolver em conflitos dos habitantes de Esteros. O general dos mortrestes conhecido como (Strengmaster o imortal) não aceita qualquer envolvimento de seus povos entre quaisquer raças que habite este mundo, a sua população em Esteros é extremamente pequena e isolada.

Esse rei poderoso parece esconder um grande segredo, algo que pode mudar tudo o que as raças sabem sobre a vida e a criação de todo o universo.


As diferenças e habilidades básicas das espécies:



Apesar de os povos terem diferença em aspectos físicos e espirituais, é possível qualquer um se tornar muito poderoso, independente da raça, por exemplo: É possível tanto um elfo, ou um anão aprender uso de arcos e esgrimas, ou até mesmo o uso de magias brancas ou negras. Dependendo do seu caráter e sua criação isto afetaria o seu destino.

Apesar de magias negras serem proibidas em Esteros, pode até se aprender tais habilidades. A capacidade de cada raça teoricamente é infinita, pois pode até mesmo um orc, ou eracictos se torna grandes guerreiros com domínios em ataques tanto com adagas e espadas.  Ou até especializar-se em criações de armas ou armaduras diversas. Muitos podem tornar-se exemplares criadores de espadas e armas místicas. (sendo assim encantadores de armas).

  Podendo manipular encantamentos com propriedades mágicas em seus ataques, podem ser elas propriedades de gelo, fogo, água, maldições e etc. isto também fundido em todos os tipos de armas de combate. As habilidades de cada raça podem torná-las ambiciosas e extremamente destrutivas, isso dependendo do seu caráter e da sua criação familiar.


Fim da biografia, logo em seguida, inicia-se a saga de Esteros.



0 comentários:

Esteros livro digital