RSS Feed

Vamcast

Posted by Aldemir Alves da Silva





Ola, boa tarde leitores! Hoje estou muito feliz, o meu amigo Junior Menezes; criador da serie Akelon, me presentou criando um dos meus personagens. Junior me pediu para passar as características de um dos meus personagens favoritos, ele iria dar vida a ele pra mim, escolhi Vamcast, o vilão Esteriano, o meu favorito.

O desenho apresenta Vamcast na sua faze adulta, os cabelos já são negros e a aparência séria, pouco amistosa. Eu gostei muito do desenho, sendo que este é a primeira versão do personagem, outras virão. 

Conheçam um pouco sobre Vamcast:

Vamcast; o vilão mortal do livro; terá a maior participação na história Esteriana, mas não sugará para si toda a atenção dos leitores. O menino cresce amargurado por ser menos requisitado por seu pai, o rei Mussafar, pai de Vamcast e “Andor o: caçula” mesmo que sem perceber, doa todo o seu carinho ao filho mais novo do casal, deixando Vamcast abandonado e sendo apreciado mais pela mãe.

 Com o decorrer da história, o garoto começa a ficar rebelde; falta com respeito com seus pais, mata pequenas criaturas, faz uso de magias negras (proibidas em Esteros), e que por fim, acaba chamando a atenção de Nazebur e os seus (demônios Asmectros). Os Asmectros, são criaturas em forma ectoplasma, podem caminhar sobre os planetas vivos, se apoderam dos seres mortais e corrompem a sua aura, levando-os a se tornarem criaturas assassinas, que matam por puro prazer. 

Isso aconteceu com Vamcast, mas de uma forma antes nunca imaginada, pois nem mesmo Nazebur, poderia prever no que aquele garoto iria se transformar. Vamcast apesar de ser um “elfo branco” criaturas de paz e amor ao próximo, tinha muito poder em seu corpo, um poder que podia ser apreciado pelos seus professores de magias e esgrimas, também por seu pai e criados reais. Aquele poder desenvolvido por Vamcast; chamou à atenção de muitos seres malignos praticantes de magias proibidas, o garoto cresceu sendo preparado para que se tornasse uma profecia maligna, tomaria o trono do antigo vilão (Nalefis) Se tornaria o rei dos ORCS, traria o terror ao continente Naires...

Vamcast acabou se tornando o meu favorito, a sua inocência no decorrer do livro, fez dele uma peça usada pelos vilões (Fracos, mas com muita lábia e sabedoria). A arrogância desse vilão, o deixa muito misterioso e com vários surtos de incertezas. Em minha opinião de “Criador do livro: Vamcast é o meu favorito”.

A primeira citação do personagem dentro do livro:

Os personagens principais:

Para contar a verdadeira história da família Destrus; irei começar primeiro com a profecia de “Vamcast Destrus”.  Um elfo maligno extremamente destrutivo, sem amor algum por seu mundo e os habitantes que ali viviam cujo seu coração só conhecia a maldade e destruição.
            
Mas, nem sempre foi assim...

Vamcast nasceu e cresceu como um jovem de bom caráter, ainda jovem aprendeu as suas habilidades em adagas, espadas e magias.  O menino entre a idade de recém-nascido, até aos doze anos de idade, não havia mostrado diversidade alguma em seu caráter.

Vamcast iniciou os seus treinamentos; somente para o desenvolvimento de sua personalidade, e caráter pessoal. Àquela época era uma época de paz, não se ensinava para jovens o uso de armas para a finalidade de matar “seres vivos” nem mesmo para o alimento, porque todos temiam que mortes e destruições; pudessem seduzir os seus queridos jovens para o lado obscuro. Um mal conhecido como “Nazebur”.

O menino era filho de uma família muito nobre e conhecida por bons governos, com muita prosperidade no mundo de Esteros. Um menino que era filho de (Mussafar e Zinza) eram dois irmãos na família; Vamcast e o seu irmão “Andor” o caçula.

Porem, como todo caçula na família, este jovem era tratado com muito carinho entre seus pais, um carinho que por ser diferente trazia um sentimento de inveja para o filho mais velho do casal. Com o passar dos anos; o garoto primogênito cresceu se sentindo o segundo filho na vida de seu pai...

O rei Mussafar errava bastante em não encenar aos seus dois filhos, que existia um mal neste mundo, sendo assim os seus filhos eram garotos ingênuos para as suas idades atuais, que era uma media de treze anos de idade. Garotos que mantinham a maioria de seu tempo na escola, aprendendo o idioma esteriano, conhecendo a cultura do seu mundo e povos que o habitavam.



2 comentários:

  1. Raimundo

    Ficou Da Hora!

  1. Wi

    Sou fã de HQ o desenho esta lindissimo, as cores cairam bem no perfil do personagem.

Esteros livro digital