RSS Feed

Lançamento Janeiro 2015 As crônicas de Fedors - Os livros de Esteros - volume 2

Posted by Aldemir Alves da Silva


É pessoal, a sequência de As crônicas de Fedors sai mesmo em Janeiro...

Já li, reescrevi, e revi o livro dezenas de vezes e acredito que está pronto. Estamos fazendo revisões para publicá-lo o mais perfeito possível. Logo a Editora anunciará o lançamento e o livro entrará em pré-venda.

Nesse livro explicarei fatos sobre a mitologia, sobre alguns personagens pouco explorados e outras coisas relacionadas a trama.

Tem muita novidade vindo por aí tanto para o primeiro quanto para o segundo livro da saga. Há planos para uma impressão maior para o primeiro, queremos imprimir a 3° edição em quantidade significativa baixando assim o preço final tanto para uma distribuição com preços mais acessíveis quanto para obtermos um melhor preço final ao leitor; deixando a obra mais atraente.

Apesar que, o livro já está à venda muito em conta, em média 27,00 preço ótimo já que é impresso em páginas amarelas. contém também ilustrações e tem 404 páginas.

Outra coisa que me deixa bastante animado é o reconhecimento recente que a obra vem obtendo. Se criar nesse meio literário é muito difícil, mas aos poucos vou provando que a palavra "impossível" não existe. O livro está prestes à se tornar o primeiro best seller da editora e logo receberá um selinho, estou muito animado com isso. Já são dois anos sendo comercializado e com vendas expressivas, contando que está em uma editora considerada pequena; isso é uma vitória.




Leiam um trecho do segundo livro:


Narrativas de Fedors:

Quem vê Destructor, o velho bêbado imprestável, nunca imaginaria que ele foi um antigo líder em batalhas, e que anos atrás viveu como um herói em sua nação. Este é exatamente o passado do eracicto, este velho alcoólatra que hoje corrompe e destrói, mas que já foi um bom homem em tempos passados. O venerável mestre da guerra defendeu a honra dos Destrus há muitos anos, mas se tornou um velho desleixado quando descobriu que sua amada esposa o traía com soldados de Mussafar. Enquanto ele batalhava por sua nação sofreu traição e zombarias, mas foi impedido de matar pelo rei e sua esposa. Depois deste desapontamento desistiu de praticar a arte da guerra e abandonou sua patente ficando desonrado e sem alma.

Destructor cujo nome verdadeiro é “Aurélio Destrus” primo de segundo grau de Mussafar ganhou a mais alta das patentes, fora nomeado como general sênior dos exércitos do Norte e por seu modo agressivo e destemido em batalhas fora batizado em sangue e aço. Agora conhecido como “Destructor o senhor dos campos de batalhas”. Especializou-se na arte da esgrima e no domínio de magias, muitos o considerava como um exímio dominador das artes negras, tornando-se um guerreiro completo capaz de dominar tanto o poder maligno como benigno.

Mas após o descontentamento os trinta anos seguintes de sua vida foram de pura entrega ao álcool e a vadiagem. Conseguiu deixar a falta de caráter de sua mulher o transformar num beberrão inglório. Um homem que um dia fora um fiel servo hoje se tornara um homem sem sensibilidade. Em tempos anteriores um soldado da mais alta patente teria voz firme no império, tamanha desonra contra um membro do Norte seria cobrado a ferro e sangue, mas Mussafar mudara as regras e perdoar era o seu lema.

A mulher foi expulsa de sua casa e após aquele dia jamais foi vista perambulando pelos acampamentos do norte, os soldados receberam punições formais e deixaram seus postos se tornando apenas fazendeiros. Entretanto a desonra jamais fora esquecida.

Destructor fingiu aceitar as leis do rei que um dia defendera com honra e suor, mas amaldiçoou-o tornando seu inimigo próximo. O fato é que, um amigo falso é mais temível que o pior inimigo. Um inimigo poderá ferir seu corpo e dar cabo a sua vida, mas um falso amigo irá ferir para sempre sua alma.

E Destructor jurou roubar o trono de Mussafar e transformar sua casa numa casa de desonra e prostituição.

0 comentários:

Esteros livro digital