RSS Feed

Trechos de Esteros: O poder da vida

Posted by Aldemir Alves da Silva



   Panderios manipulando magias de fogo.


Chegando na academia de treinos “Pectrus” cujo mestre era “Panderios” o homem recebeu os seus alunos.  As aulas já estavam para começar e Vamcast correu e sentou-se junto aos outros alunos que ali estavam... Andor também foi junto. 

Aproximando-se do local avistaram o professor Panderios que era um senhor de aparentemente sessenta anos de idade, um homem que trajava uma enorme vestimenta branca, a vestimenta era feita das mais belas lãs de carneiros do norte de Naires, a sua enorme barba branquejada dava um tom à parte, entregando a sua vasta sabedoria e conhecimento em magias brancas.

Um homem de pele branca que trazia sobre a sua mão direita um lindo cajado trabalhado perfeitamente com a personalidade do seu utilizador. Uma peça rara retirada de uma enorme árvore de oliveira, uma das mais queridas e veneradas árvores da floresta Sindar. Quando os príncipes aproximaram-se o senhor Panderios já estava a encenar os demais alunos.

      Aproximando-se devagar apalpando a sua enorme barba branca, posicionando os seus óculos feitos de pequenos pedaços de bambus, o mago branco começa a dialogar com seus alunos: —Bom dia á todos! Agora irei ensinar a vocês meus alunos... O verdadeiro propósito básico das magias.

—Existem dois tipos de “magias” predominantes em Esteros: (a magia negra e a magia branca). A primeira é proibida em todo o mundo “a magia negra”. Está magia não trás beneficio alguma pra vida e sim para destruição...

—Por tudo isso não deveremos usá-las e nem mesmo praticá-las jamais. Existe um ditado que diz que; “os males procuram seus predestinados...”.

—Muito bem esqueçam está primeira opção, não devemos aprendê-la nem mesmo praticá-la. Devo apenas prevenir que vocês nunca aprendam nada sobre magia negra, quero que ignorem a mesma e sendo assim todos vocês tornar-se-ão grandes defensores do nosso mundo!

—O nosso principal objetivo nessa conversa é a magia “branca” á verdadeira importância da vida e da paz.

Vamcast cheio de duvidas interveio em meio á conversa de Panderios, o menino apesar de ser um garoto de apenas quatorze anos de idade sentia um grande desejo por poder, a sua árdua angustia por ser o segundo filho na vida de Mussafar estimulava-o a se tornar um homem poderoso.  Fazendo história em Esteros e chamando a atenção de seu pai para si.

O garoto levantando-se rapidamente ergue suas mãos para o alto, logo chama atenção do professor: —Hei, Professor!

O professor pausa a conversa, olhando para o garoto pergunta indagado: —Pode falar meu rapaz alguma duvida?
                       
   Com olhos fixos e tom baixo de voz, o menino diz ao mago: —Sim eu tenho uma! Nós poderemos aprender algum tipo de magia de ataque?

O professor apalpando a sua enorme barba fixa o seu olhar sobre o garoto, então diz palavras que servem para todos os demais alunos presentes na academia: —Vamcast filho aqui nós não encenamos magias de ataque, isto não é permitido!  Não devemos usar magias alguma sobre os seres vivos, vocês precisarão apenas de cura e defesa...

 —Está defesa será contra acontecimentos “inesperados” como, por exemplo: uma pedra caindo de um penhasco sobre a sua carruagem: Você pode simplesmente “explode-la” com uma magia destruidora de objetos sem vida, você entende?
 —Devemos entender que magias podem ser usadas em modo de defesa e de cura. Sendo assim podem trazer um beneficio para o amigo que estiver ao seu lado, caso ele se machuque em treino.


—Ou até mesmo em momento de diversas atividades, elas podem ser usadas também em modo (COMBO). 

—Vocês também podem misturar curas de envenenamento, por exemplo; depois fundi-las com curas de vida, isto formará uma magia única para curas diversas até mesmo de insetos, cobras, bichos, de propriedades veneno, fogo, gelo etc. Isso é só um exemplo!

Vamcast como se mostrava um menino prestativo diante dos seus professores, aguardou o fim das palavras de Panderios para só depois continuar a falar.

     Entendendo as palavras do mago, o garoto responde desapontado: —Obrigado professor eu entendi!

    Vamcast realmente entendeu as palavras de Panderios, mas aceitá-las não parecia ser o seu real objetivo.
                           
    O mago voltando a dialogar com os alunos faz com que todos comecem a treinar: —Pois bem agora vamos todos deixar de conversa, vão todos lá para fora começaremos a treinar...








0 comentários:

Esteros livro digital