RSS Feed

Seleção Brasileira, a vergonha da Copa do mundo 2014

Posted by Aldemir Alves da Silva


Copa do mundo, Brasil, um vexame para ser apagado de nossas memórias.

“Humilhação” não é nada demais usar tal palavra, afinal, éramos antes de hoje; a maior seleção do mundo, a mais respeitada “entre aspas”, a que participou de todas as copas, a das 5 estrelas, a do rei do futebol, a seleção do maior goleador...

Mas hoje somos a piada, à maior de todos os tempos, 7 a 1 contra Alemanha, 3 a 0 contra Holanda = 10 gols em 2 jogos. Quem diria que não faríamos história jogando em casa? E fizemos, maior do que 1950 com o Maracanaço, agora é Mineiraço! Humilheixon, com direito a olé e aplausos da torcida brasileira para os Alemães.

Quem diria que seríamos humilhados dessa forma, massacrados, pisoteados... Somos 200 milhões de sofredores, sofredores sem hospitais, sem saúde, sem direito à uma educação decente e agora sem o tão sonhado título. Somos brasileiros, não desistimos nunca... Não desistimos? Que piada! Nós desistimos no primeiro tempo, logo no primeiro gol... esses são nossos craques, jogadores consagrados que jogam nas maiores equipes do mundo, jogam lá fora mas que aqui NÃO JOGARAM NADA, podem ser até considerados craques lá fora, desses que se sustentam nas costas dos grandes estrangeiros, mas vamos ser sinceros, aqui não jogam NADA! Nossa safra é deprimente, não sabemos mais driblar, não temos mais um camisa 10 de qualidade, hoje em dia nosso 10 é o atacante, nossos laterais são “AV. Daniel Alves” e olha que reclamávamos de Roberto Carlos, e  Nosso meio campo? Onde está ele? Ah, talvez sejam aqueles volantes duros sem habilidades, aqueles jogadores que dão a bola para o adversário.

Tomamos 7, mas era para ser 10...

Ah, mas a Alemanha é a maior equipe do mundo, são jogadores incríveis... Qual Alemanha? Essa que humilhou o Brasil? Porque aquela que jogou contra Argélia, Contra Nigéria não é tudo isso, mas talvez Argélia seja uma grande seleção mesmo, o Brasil que é um timeco de jogadores medíocres e com emocional fraco.

Ouvi falar de um “Cone atacante”, Fred esse é o cara, o cara que não chutou para o gol durante todo o mundial. Tínhamos outros jogadores e um técnico JUMENTO, um teimoso orelhudo que convocou Jô e Fred, Julio Cesar e Fernandinho, que piada, ainda tem Bernard e Hulk, meu deus! 

Vamos ser sinceros... Nosso futebol é uma piada, o campeonato brasileiro está decadente, não formamos mais craques, nossos estádios não enchem mais, a torcida não tem mais excitação pelo futebol. Os times estão falidos, a seleção não joga mais no próprio país, não é mais nossa há muito tempo... Só temos Neymar o moleque magricela, a esperança de 200 milhões de brasileiros esteve nas costas de um garoto de 22 anos, um milionário que ganha 11 milhões por mês, e a costela quebrou, o peso era muito grande!

Olha aonde chegamos, cadê nosso Pele, Garrincha, Tostão? Nossos jogadores não jogam mais no Brasil, hoje em dia não ensinamos mais o mundo a jogar bonito, hoje aprendemos a jogar feio, truncado, aprendemos a dar pancada e dar bicuda. É, não somos mais o país do futebol, agora somos o país da vergonha, da humilhação, somos a piada, a maior do mundo. Éramos 5 estrelas, à sim, mas isso num tempo que sabíamos jogar futebol, as crianças nunca virão o Brasil ser campeão, e sinto dizer... isso não acontecerá nunca mais porque hoje somos pior do que Argélia!!!

Depois de tanto ouvir que essa era a COPA das COPAS eu estava me convencendo que era mesmo, era a copa da garra, do sufoco, da glória, que infelizmente se transformou na COPA DA PANE, DO Psicológico FRACO E DA VERGONHA. Pessoas torcendo, chorando e vibrando, crianças acreditando, crianças que nunca viram o Brasil ser campeão... é, mas continuarão não vendo, talvez não vejam nunca porque nosso futebol MORREU há muito tempo.  Um campeonato disputado no Brasil, numa época em que vivemos uma crise política e tantas manifestações, poxa SELEÇÃO, nós precisávamos disso, precisávamos dessa copa!
O que houve com a nossa seleção?

É gente, o sonho acabou, um fim melancólico, e foi patético! Nosso futebol morreu, gente, nosso atacante é o Fred e não temos mais Ronaldo!

Falta de incentivo não foi pois eu jamais vi uma seleção tão amada pelo brasileiro, nem em 2002 os torcedores abraçaram tanto o time como agora, nunca acreditamos tanto em nossos jogadores, jamais fomos tão otimistas. E quando os críticos detonavam o time que empatou 2 jogos e ganharam apenas 3 nós comprávamos briga, eu mesmo xinguei e briguei muito com os comentaristas pessimistas do ESPN, fui até bloqueado no twitter... Que ironia, eles estavam certos a todo o momento, eu errado. Foi um erro te amar seleção, “mas eu não erro outra vez”, e jamais serei tão otimista em outra copa do mundo, isso, eu prometo!!!

Enfim...

Eu deixei de acreditar, já havia desanimado do nosso futebol há algum tempo, e agora tenho certeza de que não somos mais o país do futebol, não somos mais alegres e ousados, não temos mais jogadores como antes, e se não temos; precisamos abandonar essa seleção; temos que deixá-los de lado, precisamos de provas, que eles provem que merecem o nosso respeito.

Não somos mais o país do futebol. Somos mesmo é um país dos parasitas, dos ladrões, dos canalhas e dos políticos sujos! 

1 comentários:

  1. Aldemir Alves da Silva

    7+3= 10 gols em dois jogos. Eu queria muito ver Brasil x Taiti seria um jogo muito bonito de se ver, muitos gols!!! kkkkk

Esteros livro digital